Follow by Email

quarta-feira, 20 de agosto de 2008

20 de Agosto de 2008 / 2007

Hoje, eu vim aqui no meu blog e olhei a postagem do dia 20 de agosto do ano passado, só para comparar.

Eu estava no meu 15 match na EF.

Incrível pensar como NADA, absolutamente NADA, aconteceu da maneira que eu queria ou imaginava. E mais incrível ainda é pensar que isso não é, necessariamente, uma coisa ruim.

Antes mesmo de entrar na EF, tinha tudo em mente de como seria. Queria ser au pair pela EF - Cultural Care, porque era a agência da qual eu sempre tinha sonhado fazer parte. Queria encontrar uma família que não me fizesse dirigir muito, porque eu não era boa na direção (ainda não sou, rs), queria uma família que me tratasse bem, que se importasse comigo e que fosse como a típica família americana. Tinha medo de engordar, porque eu sei que aqui até a água engorda. Queria conhecer lugares, principalmente a Califórnia, que seria meu primeiro destino. Queria fazer algum curso ligado a marketing e nunca pensei na possibilidade de fazer ESL, achava que só a convivência melhoraria meu inglês. Antes de fazer inscrição na agência pensava em extender meu ano, depois de começar a falar com as famílias, cheguei a conclusão que ficaria aqui os 12 meses exigidos pelo programa e voltaria para casa.

Hoje, exatamente um ano depois de ter todos esses pensamentos em mente, as coisas tomaram um rumo completamente contrário. Tudo mesmo!

A começar pela agência, que troquei mesmo tendo que começar meu processo de novo, porque me decepcionei demais com a Cultural Care. Mudei para Au Pair Care, economizei um bom dinheiro e ainda vou receber meu depósito reembolsável de 500 dólares que não receberia pela cultural care.

Ao contrário do que queria, encontrei uma família na qual eu tinha que dirigir. Então, na marra, eu aprendi e comecei a dirigir para tudo quanto é lado, o que também foi mto bom para mim.

Ainda falando da família, encontrei uma que não era a que eu tanto sonhava. Pelo contrário, em muitas coisas a família era um terror. Por outro lado, por conta disso, emagreci 15 kilos. E eu que pensava que os EUA engordava!!!

Pedi rematch no meio do ano e vim para a família dos SONHOS. E já combinei com eles de ficar MAIS UM ANO. Isso mesmo, extender meu ano, que à princípio eu não queria de jeito nenhum.

Ainda não fui para Califórnia, mas já saí dos EUA e fui para Bermuda. Fiz aulas de ESL e simplesmente A-DO-REI! Não fiz cursos na área de marketing, mas já estou matriculada nos workshops e cursos de Espanhol, Árabe, Investimento, Plano de negócios, Project 2007 e outros quatro que não lembro o nome.

Ah... E em dezembro vou para o Brasil visitar minha família e amigos e quando voltar, passo três semanas na disney com a minha host family.

Enfim eu não poderia estar mais FELIZ. Como diz o ditado: Deus escreve certo por linhas tortas! Espero que minhas linhas continuem sendo tortas como essas que me trouxeram onde estou hoje!!

Beijocas!!