Follow by Email

sábado, 12 de julho de 2008

Saindo um pouco do planeta au pair...

Agora à noite eu estava passeando pelo orkut e achei um especial da Thalia que passou no SBT em junho. Fiz o download e não consegui terminar de assistir. Fechei o vídeo para me concentrar em todas as lembranças que ele me trouxe.

Lembrei de quando eu colecionava revistas com a Thalía e que era uma alegria, cada vez que saía na banca alguma reportagem nova sobre ela, ou cada vez que minha mãe nos dava (a mim e ao meu irmão) dinheiro para ir na banca de jornal comprar o que quiséssemos.

Lembrei que a Elizabeth era fão do Ricky Martin na oitava série e eu era fã da Thalía. E que muitas vezes a gente chegava a brigar quando uma falava mal do ídolo da outra, rsrsrs. Lembrei que já no colegial, nós ainda tinhamos adoração, eu pela Thalía, ela pelo Ricky Martin. E nessa época, a Karine entrou para turma, com a adoração dela pelo Nick dos Backstreetboys.

Eu sonhava um dia conhecer a Thalía e ser amiga dela. Sonhava praticamente todas as noites com ela, rs. Tenho trocentos mil sonhos anotados. Em alguns, eu misturava realidade e novela... Algumas vezes sonhava que estavamos dentro da novela Maria do Bairro e eu descobria que a Thalía era minha parente ou coisa assim. Aí ela vinha me visitar. Outras vezes eu sonhava com a vida real. Sonhava que ia em algum show e ela parava para conversar comigo. E todas as vezes acordava feliz.

Tinha posters e retratos dela pelo meu quarto. Sonhava em um dia ser como ela. Sonhava em um dia dizer para ela que ela era um grande exemplo pra mim. Exemplo do que? Não sei. As personagens dela talvez fossem um exemplo pra mim. Ela em sí, pra ser sincera, naquela época a internet ainda não era o que é hoje, e a vida dos artistas não era tão aberta como é hoje.

Lembro da carta com não sei quantos mil eu te amo que fiz pra ela haha. Todo mundo diz que esse negócio de fã não é saudável. Pra falar a verdade, eu acho que até certo ponto é sim. Eu lembro com carinho da minha adolescência e é engraçado pensar que, mesmo sem ela ter conhecimento disso, ela esteve presente em grande parte da minha adolescência. E foi algo bom pra mim. Me diverti muito colecionando fotos, comprando revistas, escrevendo cartas, gravando novelas, assistindo programas em que ela aparecia, fazendo pastas lindas com fotos dela. Foi uma fase gostosa e sempre que ouço alguma música da Thalía, vejo ela na tv ou mesmo assisto alguma novela dela pelo youtube, isso me traz uma sensação muito boa. Uma sensação de voltar no tempo. De voltar no tempo e lembrar dos sonhos que eu tinha naquela época, que eram tão simples. E... O mais interessante é pensar que eu nunca imaginei chegar tão longe quanto cheguei. Naquela época pra mim o mais longe seria ver a Thalía ao vivo no programa do Gugu haha. E no entanto, por acaso no começo do ano, eu passei na frente da mansão dela em Miami. Na hora eu nem pensei nisso, mas agora pensando na minha vida, eu tenho a certeza que superei mtos dos meus objetivos e pretendo me superar a cada dia.

Eu não sei ao certo quando parei de gostar dela. Não que eu tenha parado. Mas não sei exatamente quando deixei de ser fã da Thalía. Acho que foi quando entrei no teatro. Porque nesse momento um novo mundo com novas portas se abriu pra mim.

E desde então eu venho vivendo esse novo mundo, mas ainda lembro com carinho da Thalía e de tudo que sonhei em torno da imagem dela =)

E quem sabe um dia ainda não tenho a chance de conhecê-la pessoalmente?? Tudo pode acontecer!

Beijocas e bom final de semana!

Um comentário:

Serena disse...

Eu também era fã dela!! Assisti todas as novelas com ela, principalmente a trilogia das Marias.

Ô época boa aquela!!

Beijos!